domingo, 23 de dezembro de 2007

O credo da submissa





1. Eu comunicarei com total honestidade as minhas necessidades, desejos, limites, e experiência. Eu entendo que se não fizer isso, impedirei não somente que meu Top e eu tenhamos a melhor experiência possível, mas posso também conduzir a danos físicos e emocionais.

2. Eu não tentarei manipular meu Top.Eu não tentarei fazer com que uma cena seja da maneira que eu acho que deve ser. Ou seja, eu não tentarei “comandar” sendo submissa. Entendo que isso seria tentativa de manipulação.

3. Eu manterei minha mente aberta para fazer coisas com as quais eu não me sinta confortável e também para expandir meus limites. Eu continuarei a crescer como submissa e como ser humano.

4. Eu procurarei descobrir o que agrada meu Top, e me esforçarei sempre para satisfazer suas vontades e desejos.

5. Eu não permitirei ser prejudicada ou abusada. Eu sei que uma submissa não se iguala a um capacho.

6. Eu serei cortês e atenciosa com minhas companheiras submissas. Eu compartilharei humildemente meu conhecimento e experiência com as outras na esperança que aprenderão e se beneficiarão de tudo que aprendi. Eu avaliarei o momento de ajudar às iniciantes a começar na cena do modo mais correto.

7. Eu serei compreensiva com meu Top. Eu não tentarei esconder o que minha mente e corpo estão sentindo de modo que eu possa lhe ajudar em suas responsabilidades como minha Autoridade. Eu sei que Dominadores não são telepatas, e não esperarei meu Top adivinhar os pensamentos e os sentimentos que eu não compartilhar com Ele.

8. Eu aceitarei a minha responsabilidade se uma cena ou o relacionamento tiver problemas. Eu não colocarei a culpa total em meu Top quando o fato não se justificar simplesmente porque Ele é o Dominador. Eu entendo que as coisas ás vezes podem não caminhar como deveriam, e eu farei o melhor de mim para superar os obstáculos.

9. Eu darei o presente de minha submissão somente àquele que puder responsavelmente aceitar e desejar recebê-lo. Eu não colocarei qualquer um na posição de comando sobre mim de forma não consensual, nem darei meu respeito a alguém que não o tenha conquistado.

10. Eu sei que a relação D/s não é uma competição, e nunca me acharei uma submissa "melhor" porque eu escolhi me submeter em um nível diferente do que outra. Eu não me vangloriarei nem serei jactanciosa das experiências que eu tive como sub/escrava.

11. Eu serei obediente ao meu superior mesmo que discorde do que está pedindo. Eu sei que Ele tem meus melhores interesses no coração e sabe melhor do que eu o que necessito em todas as situações.

12. Eu sei que minhas ações refletem direta ou indiretamente sobre meu Top, e farei sempre o melhor para ajudar que os outros o vejam de uma maneira positiva. Eu, intencionalmente, não causarei embaraço nem desagradarei meu Dominador.

13. Acima de tudo, eu portarei meu título de submissa com honra. Eu nunca farei com que outros pensem que ser submissa signifique ser fraca ou sub-humana. Eu terei orgulho em quem e em que eu sou e nunca me mostrarei de maneira negativa.

Um comentário:

tua menina disse...

otimo texto Sr,uma reflexão maravilhosa....bjus ternos