segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

: Os perigos dos relacionamentos SM iniciados sem as devidas precauções










O que me leva a abordar esse assunto tão importante dentro de nosso universo BDSM, é a constatação pessoal, através de contato com várias candidatas a submissas, vítimas de abordagens agressivas, violentas, mal educadas e esdrúxulas de falsos dominadores, até, pasmem, a proposta de submissas que insistem "veementemente" (como se isso fosse possível a uma sub), que meus processos de aproximação, iniciação, aceitação, instrução, treinamento, adestramento e encoleiramento sejam "encurtados" e, até mesmo, suprimidos, para que a primeira sessão seja, praticamente, imediata. Quero deixar claro que não coaduno, em hipótese nenhuma com esse tipo de proposta ou comportamento, nem por parte de submissas ou candidatas a submissas, nem por parte de dominadores, ou supostos dominadores ou candidatos a dominadores. O que tenho constatado trata-se de absurdos, brincadeiras com a segurança e com vidas de pessoas que, antes de serem submissas, são seres humanos, mortais. Começo tratando do caso de pretensos "dominadores" que abordam as submissas em sites da internet tratando-as como se suas escravas fossem. Isso já acontecia nos velhos tempos das saudosas salas de chat SM do UOL, mas era mais fácil expulsar os fajutos, porque as próprias subs, muitas vezes, vinham ao meu reservado colando mensagens dos fajutos do tipo: “... escrava apresente-se em meu reservado, de joelhos, "é uma ordem"..... Então, ríamos muito.....uma vez a sub me consultou: "Senhor, o que acha, devo perguntar se "ele" colocará cacos de vidro na sala?”Não soa ridículo?. Aqui quero esclarecer dúvidas de vocês, submissas, com base na experiência, em regras básicas e na lógica,  e fico à disposição para esclarecimentos. Um dominador de verdade, real, que é adepto e prega o SSC, jamais trata uma sub ou candidata a sub como se sua propriedade fosse. Nunca tenha pressa, amiga submissa. Não aceite figurar como uma presa a ser abatida por um predador, ao qual a natureza não a preparou para se defender nem para escapar. Você não é obrigada a chamar ninguém de senhor, antes de ter a certeza de quem é a pessoa com a qual está falando; você, antes de ser submissa, é uma mulher e é um ser humano, portanto, digna de respeito; alguém só manda em você, depois de você ter cedido, espontaneamente, o poder sobre você, e isso é um processo gradual; a não ser que você tenha permitido, não admita comentários mal educados, ofensivos, agressivos ou que a desagradem, aliás, outro conselho, não publique imagens, fotos suas, muito menos, ser forem íntimas; além do uso livre dessas imagens por pessoas no mundo inteiro, estão possíveis constrangimentos... Todo Dominador deve ter um planejamento, uma esquematização de instruir suas submissas de acordo com um plano, um projeto. Para mim, particularmente, não há dificuldades pois, além da formação, da vivencia no SM, junta-se a experiência de vida, ambas imprescindíveis à relação SM , bem estruturada. Tenho muito mais a dizer, me aguardem para muito breve. Comentários e críticas, serão sempre bem vindos(as).

SEUDOOESENHOR
           SDS

Nenhum comentário: